Rio Lys, Gent, Bélgica.
Bélgica

Gent na Bélgica – Bate e volta saindo de Bruxelas.

Atualizado em

Nosso papo hoje é sobre Gent na Bélgica! A Bélgica ainda é um destino pouco explorado pelos brasileiros. Portanto é comum a dúvida sobre o que conhecer no país. Primeiramente, vale lembrar que além da Capital existem pelo menos mais três cidades que valem muito a pena visitar.

Começamos aqui uma série de artigos dedicados as quatro cidades mais visitadas na Bélgica. Escolhemos para começar a cidade de Gent porque, além dos seus encantos, também pode servir de base para um visita ao país inteiro.

Gent ou Bruxelas como cidade base para conhecer a Bélgica?

Apesar de que a resposta possa parecer obvia para muitos, certamente existem contrapontos. Principalmente por conta da sua localização, talvez Gent seja a melhor resposta.

Privilegiadamente situada entre Bruxelas, Antuérpia e Bruges torna-se uma excelente escolha para quem pretende conhecer a Bélgica em poucos dias fazendo o esquema bate e volta.

Um padrão de custos menor que o da capital também se apresenta como um importante fator na decisão.

Além do que, sendo uma cidade universitária, a animação noturna aqui é garantida com suas várias opções de barezinhos e restaurantes.

Como chegar em Gent.

Talvez a pergunta mais fácil de responder! Saindo de Bruxelas da estação Brussels MIDI em questão de 30-40 minutos chega-se na estação Gent St-Pieters.

A cidade possui três nomes diferente: Gent, Gand e Gante. Por esta razão, é importante ter atenção no momento de comprar as passagens e embarcar nos trens! Também se ligue que existe uma outra cidade chamada Genk, que nada tem a ver com nosso destino!

Toda essa confusão ocorre porque são faladas três línguas no país: O Frances, o Alemão e o Neerlandês! Adquira aqui suas passagens para evitar que se atrapalhe.

Um pouco da história da cidade.

Situada na região de Flandres, viveu seu apogeu na alta idade média entre os séculos XI e XIII, quando atuava na fabricação e comercio de tecidos. Inclusive, chegando ao posto de segunda maior cidade européia. Como resultado da guerra dos 100 anos e das grandes cruzadas a cidade entrou em declínio econômico por volta do século XVII.

Explorando a cidade de Gent.

O Rio Lys e a Ponte de Sint-Michielsbrug

Ponte Sint-Michielsbrug na cidade de Gent, Bélgica.
Ponte Sint-Michielsbrug – Gent, Bélgica.

Mesmo com mais de 250.000 habitantes, a cidade é bem tranquila e muito fácil de se locomover. Além do que, a maior parte das atrações ficam concentradas na região do centro da cidade. Portanto, use as pernas e economize 2,90 Euros de transporte (2018).


Recomendo ir andando da estação ferroviária até o centro da cidade, mesmo porque o trajeto dura 20 minutos. Ao invés de ir em linha reta, faça o trajeto traçado no link acima para que possa alcançar as margens do Rio Lys e admirar a Ponte Sint-Michielsbrug.

A foto de capa desse artigo foi tirada da parte de cima da ponte. Importante saber que certamente irá encontrar essa galerinha ai sentada. Eles são resistentes! Faça chuva ou faça sol, eles estão por ali(rs)!

Outra dica é, após passar por debaixo da ponte, seguir andando pela margem do rio e curtindo os bairros mais famosos da cidade! Na margem direita, o bairro de Graslei (o antigo porto da Era medieval) e na esquerda, Korenlei.

Igreja de Saint Nicholas.

Voltando pelas margens do rio Lys e virando a esquerda antes da ponte, será possível chegar em um outro cartão postal dessa charmosa cidade. Uma das famosas três torres de Gent!

Uma construção em estilo gótico do século XV que certamente chama à atenção na paisagem. Tão importante quanto a arquitetura externa, encontramos em seu interior algumas obras de arte e um dos famosos órgãos de Aristide Cavaillé-Coll. Outro destaque é o quadro “Cristo na Cruz” de Van Dyck.

Aberta diariamente e com entrada gratuita este é um excelente ponto de partida para aproveitar a cidade de Gent. Confira os horário de funcionamento aqui.

Korenmarkt.

Korenmarkt 18, 9000 Gent, Bélgica. Passeio até a cidade de Gent - O que fazer em Bruxelas.

Korenmarkt – Gent, Bélgica.

Bem ao lado da Igreja de Saint Nicholas encontramos uma pracinha com vários cafés e bares. Um lugar agradável para sentar e ver a vida passar. Ademais, saiba que era neste local que funcionava o mercado de cereais da antiga cidade.

Também nesta praça encontra-se uma unidade da rede de supermercado Albert Heijn. Embora não seja necessariamente um ponto turístico da cidade (rs), vale o toque para quem busca uma refeição mais econômica! Outra dica é que não deixe de ir na seção de “águas”, tem cada uma deliciosa, aromatizadas e saborizadas… algo que nunca vi por aqui pelo Brasil.

Belfort ou Campanário de Gent.

Campanário de Gent, Bélgica.
Belfort – Gent, Bélgica.

Outro simbolo da cidade, esta construção datada de 1313, guarda uma vista perfeita de Gent. Localizado nos fundos da Igreja de Saint Nicholas, representa a autonomia e independência da cidade. Tendo sido também declarado Patrimônio histórico da humanidade pela UNESCO em 1972. Entretanto, é preciso disposição para encarar os 256 degraus até o topo!

Acima de tudo encontra-se neste monumento o guardião da cidade – Um dragão que foi posto lá em 1.377. Também encontram-se nessa construção nada menos que 53 sinos, que ainda hoje, tocam a cada hora.

Aberto diariamente das 11:00 às 18:00. Preço 8,00 Euros (2019).

Catedral de São Bravo, Sint-Baafskathedraal.

Finalmente “a terceira torre” da cidade, esta catedral em estilo românico, datada do século X (942 d.C.), assume posição de destaque entre as atrações da cidade. Localiza-se ineditamente atras do Belfort.

Primeiro de tudo, destaca-se no interior desse belíssimo edifício a obra “Adoração ao Cordeiro Místico” de Hubrecht and Jan van Eyck. Certamente com um história interessante, esse painel foi roubado pelos franceses durante a revolução e também pelos nazistas em 1940. Acreditava-se que nela havia sido escondido um mapa do local onde estaria o Santo Graal! Retornou para Gent em 1946.

Adoração ao Cordeiro Místico, Catedral de Santo Bravo.
Adoração ao Cordeiro Místico, Catedral de Santo Bravo, Gent – Bélgica.
  • 1 de Abril a 31 de Outubro, 8:30 – 18:00.
  • Domingos 13:00 – 18:00.
  • 1 de Novembro a 31 de Março, 8:30 – 17:00.
  • Domingos 13:00 – 17:00.

A capela com a famosa pintura “A Adoração do Cordeiro Místico” tem horários especiais!

  • 1 de Abril a 31 de Outubro, 9:30 – 17:00
  • 1 de Novembro a 31 de Março, 10:30 – 16:00.
  • Aos domingos a partir das 13:00.

Preço 4 Euros com áudio guide incluso!

Onde comer em Gent.

Bateu fome né moçada? Também, depois de uma esticada dessa o corpo precisa de energia. Afinal, ainda tem muita coisa a ser explorada pela cidade. Certamente, por aqui não faltam boas opções! Então, só nos resta desfruta-las.

Primeiramente explicamos que a média de preços sugerida esta baseada em entrada + prato ou prato + sobremesa e uma bebida. Portanto, a conta da refeição pode sair mais em conta ou um pouco acima dos valores aqui sugeridos.

Na medida do possível, clicando sobre o nome dos restaurantes você será direcionado para a site do estabelecimento ou uma para a pagina do cardápio. Infelizmente, nem sempre encontramos os cardápios traduzidos para o Inglês. Também buscamos sugerir restaurantes próximas a ultima ou a próxima atração sugerida.

  • A primeira opção acaba se transformando também em um passeio turístico no Mercado de carnes da cidade (25-35 Euros). Groot Vleeshuis! Confira o cardápio aqui. Terça a Domingo das 10:00 as 18:00. Groentenmarkt 7.
  • Gosto sempre de indicar um Asiático como opção para quem quer economizar (15-25 Euros). Asian Food Destiny. Bennesteeg, 23.
  • Certamente uma das opções mais baratas para quem prefere fazer um lanche ou comer uma massa simples (8-15 Euros). Fou D’Art. Sint-Pietersplein, 58.
  • Uma outra opção de Italiano na categoria de custo médio (30-40 Euros), Osteria al Sikulo. Waaistraat, 14.
  • Finalmente, para quem esta esperando por opções de comida típica, seguem três opções: Het Gouden Hoofd, preço moderados (25-40 Euros), Slachthuisstraat, 104; Carlos Quinto, preços um pouco mais caros (35-45 Euros), Kammerstraat, 20 e Du Progrès, preços moderados (30-35 Euros), Korenmarkt, 10.
  • Por fim duas opções um pouco mais diferenciadas, o Francês Allegro Moderato e o Belga Volta. Respectivamente, Korenlei, 7 e Nieuwewandeling, 2.

Continuando o passeio em Gent na parte da tarde.

Castelo de Gravensteen.

Castelo - Gravensteen .

Gravensteen  – Gent, Bélgica.

Uma vez que todo mundo está com a barriga cheia, chega hora de turistar novamente! Acima de tudo estamos visitando uma cidade literalmente medieval, portanto, não podem faltar castelos.

Nossa próxima parada será um castelo medieval construído em 1180 pelo Conde Philip da Alsácia. O lugar já teve múltiplos usos depois de servir como moradia para os nobres da poderosa região de Flandres. Aqui já rolou fábrica, tribunais e até mesmo uma prisão.

No interior encontraremos um museu com itens históricos como armaduras, armas e outros artefatos. Certamente, o ponto alto é a sala com instrumentos de tortura que inclui no seu acervo uma guilhotina. Sobretudo, não deixe de ir ao terraço aproveitar a vista e fazer umas fotos.

Um passeio de barco para finalizar a tarde.

A sugestão aqui é terminar a tarde com uma programação mais light. Afinal, o dia foi muitas andanças explorando esta linda cidade. Portanto, um passeio de barco para admirar a paisagem e fazer belas fotos de Gent cairá muito bem.

Mesmo porque, seria interessante poupar um pouco de energia no caso de ficar por aqui para passar a noite. Por sinal , muito animada! Por outro lado, também é possível retornar para Bruxelas lá pelas 22:00.

Indicamos duas opções de passeio de barco com um precinho bem camarada! O primeiro tem como ponto de partida o Píer de Graslei. A outra opção é começar o passeio já na região do castelo.

Curtindo a noite em Gent.

Hot Club em Gent na Bélgica.

Hot Club, casa de Jazz.
Hot Club.

Como já havia dito no início, Gent é uma cidade universitária. Contando com uma população de cerca de 65.000 estudantes. Como resultado, as noites são muito animadas por aqui. Afinal, boas cervejas e gente jovem pelas ruas formam uma combinação perfeita!

Entretanto, é preciso ter atenção ao horário do jantar. De outra forma, terá dificuldades para achar um restaurante servindo jantar depois das 22:00. Mas cerveja não falta, fiquem tranquilos!

Um dos lugares que mais gostei foi o Hot Club. Com uma entrada discreta, através de uma rua estreitíssima no centro da cidade, chega-se a seu pátio externo. Na parte de dentro ficam o bar, mais algumas mesas e também o palco.

Como resultado de uma carta de cervejas de muito respeito, o espaço fica completamente lotado. Ademais, rola som ao vivo todos os dias a partir das 21:00. Já aos Sábados, rolam duas sessões, sendo a primeira a partir das 16:00.

Abacho 2K18 – Silent Disco

Outra opção é essa disco na qual você recebe um par de fones de ouvido na entrada e lá dentro cada um curte seu som! Acima de tudo um lugar inusitado, aberto as sextas e sábados das 22:00 às 5:00. Hoogpoort, 12/A
9000
.

Bar des Amis

Finalmente, porém não menos importante(!), apresentamos este complexo de entretenimento noturno. Aqui encontramos reunidos bares, cafés e até uma boate/casa de shows. Como aperitivo, aqui está o “mais longo” bar da cidade. O local funciona diariamente das 18:00 às 3:00. Vlasmarkt, 5 9000.

Onde se hospedar em Gent.

Cadastre-se para receber novos conteúdos e ofertas!

Email Marketing by E-goi

Compartilhe este post e nos ajude a produzir mais conteúdo para você!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Um presente para você!! Download GRÁTIS
Coleção GUIA DE TRANSPORTE PÚBLICO NA EUROPA!

Você se inscreveu com sucesso na newsletter

Houve um erro ao tentar enviar sua solicitação. Por favor, tente novamente.

Na Viagem de Viajar usará as informações fornecidas neste formulário para entrar em contato com você e fornecer atualizações e marketing.